#MeuCorpo

Prisão de ventre afeta mais as mulheres

Não é uma mera impressão, a prisão de ventre é um problema que afeta bem mais as mulheres do que os homens, e isso se deve a uma questão hormonal, o excesso de progesterona exerce um efeito relaxante no intestino, o que dificulta o processo de evacuação.

Mas o fator social também contribui, mulheres têm mais restrição para usar o banheiro fora de suas casas e acabam “desobedecendo” essa vontade, um hábito que pode dar início ao problema e aos sintomas como o inchaço abdominal e o mal-estar.

Procurar um médico em casos mais extremos é altamente recomendado, evite se automedicar, pois isso pode camuflar problemas maiores ou até agravar a situação.

A melhor maneira de evitar a prisão de ventre é com uma dieta balanceada. O excesso de consumo das carnes, alimentos industrializados e massas à base de farinha branca podem agravar a situação.

Como evitar a prisão de ventre?

  • Pratique atividades físicas. Elas são responsáveis por estimular o bom funcionamento de todo o corpo, inclusive, do intestino.
  • Beba muita água! A hidratação é muito importante para que o processo de digestão aconteça de maneira mais correta. Junto com as fibras, a água vai contribuir para que o intestino trabalhe melhor.
  • Coma frutas, legumes, verduras e cereais. Esses alimentos são ricos em fibras, e essas substâncias não são digeridas no organismo, por isso elas auxiliam no trabalho e no bom funcionamento do fluxo intestinal.

Conhece alguém que sofre com esse problema? Então, compartilhe com ela esse conteúdo!

Vamos juntas criar essa comunidade de dermamigas para trocar dicas de cuidado com a nossa saúde íntima!

Deixe um Comentário